O Laboratório

O Laboratório de Estudos Sociais sobre o Nascimento, nascer.pt, surgiu em 2017, no âmbito do Programa de Atividades da Linha de Investigação Família, Gerações e Saúde, do CIES-IUL.

Este é um projeto que resulta da identificação, por parte de um grupo de investigadores/as, da necessidade de reconhecer e desenvolver um campo científico emergente em Portugal, decorrente do cruzamento de diferentes áreas do saber, no qual se analisam e estudam, a partir de perspetivas teóricas e metodológicas diferenciadas, as condições do nascimento, o seu enquadramento social, político, cultural, institucional, bem como resultados decorrentes dessas realidades.

Os seus objetivos são fomentar e contribuir para o conhecimento sobre as condições e características do nascimento em Portugal, contribuir para a consolidação da Sociologia do Nascimento e, simultaneamente, desenvolver sinergias entre estruturas e abordagens multidisciplinares no estudo do nascimento, tanto a nível nacional como internacional. Através da produção e disseminação de informação científica, o nascer.pt procura, também, informar políticas públicas em torno do nascimento e o debate sério e abrangente sobre ética, representações, escolhas, comportamentos e práticas que o moldam.

Não se configura, neste contexto, o nascimento como um acontecimento reduzido ao momento do parto ou até da conceção. Entende-se o nascimento como um processo, sendo possível mapear um conjunto de dispositivos, normas, práticas e organizações sociais que o enquadram e o regulam. É importante fazê-lo no atual contexto de modernidade e de medicalização das sociedades, analisando os seus contornos, os resultados que dele decorrem, bem como as instituições e agentes que se encontram envolvidos nesse processo.

O nascer.pt é um espaço de trabalho, com diferentes eixos de atuação, que comunicam entre si para o cumprimento dos principais objetivos do Laboratório:

1) Um espaço de trabalho de reconhecimento da produção científica e analítica existente;

2) Um espaço de produção de novo conhecimento;

3) Um espaço de disseminação do conhecimento;

4) Um espaço de reflexão em torno do conhecimento produzido.

É, também, um espaço aberto à internacionalização.

 

Para o cumprimento dos objetivos definidos, as atividades centrais do Laboratório são:

  • Participação em redes de investigação europeias e internacionais

  • Produção de literatura científica

  • Organização e participação em eventos científicos nacionais e internacionais

  • Organização de eventos científicos

  • Contribuição para a oferta formativa em diferentes ciclos de ensino em Sociologia do Nascimento, potenciando o interesse de novos investigadores

  • Orientação de dissertações de mestrado e teses de doutoramento

  • Contribuição para a recolha de informação sistemática, exaustiva e integrada sobre as condições do nascimento em Portugal, nas suas múltiplas dimensões, assim como para a produção de informação harmonizada, em termos nacionais e internacionais

  • Constituição de uma estrutura de suporte ao estabelecimento de redes nacionais e internacionais, cujo objeto de análise se centre nas questões do nascimento, suas condições, características e implicações

  • Acolhimento de jovens investigadores, em projetos de estágio, dissertações de mestrado e teses de doutoramento (nomeadamente estudantes de mestrado e doutoramento) que desenvolvam os seus trabalhos, dissertações e teses na área do nascimento

  • Divulgação de informação, de cariz essencialmente científico, sobre o nascimento em Portugal, participando e contribuindo para a discussão em torno das práticas que resultam na informação produzida

  • Produção de notas de investigação para todo o público interessado